sexta-feira, 18 de maio de 2018

Nova coordenação do Fórum de Economia Solidária realiza sua primeira reunião

Foi realizada ontem, 17, a primeira reunião da nova coordenação do Fórum de Economia Solidária de Campos eleita em plenária do mês de abril. Na pauta da reunião assuntos como a organização do Projeto Praça Ativa com cultura, esporte e  economia solidária no Cais da Lapa, discussão dos avanços do plano estratégico do movimento economia solidária entre outros pontos, foram tratados por representantes de quatro assessorias técnicas, Institutos IBEB e ASA, EMATER e ITEP/UENF.

"Com o objetivo de divulgar os trabalhos e fomentar o desenvolvimento dos nossos  empreendedores, precisamos nos articular para participarmos da 25ª edição da Feira Internacional do Cooperativismo, a FEICOOP, que acontece de 12 a 15 de julho em Santa Maria, no Rio Grande do Sul", destacou Nilza Franco, coordenadora da ITEP, assunto este que também estava na pauta da reunião.

Trata-se de um grande espaço de articulação, debate, troca de ideias, experiências de comercialização solidária direta dos empreendimentos da Economia Solidária, da agricultura familiar camponesa, das agroindústrias familiares, dos catadores e catadoras, povos indígenas e dos trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade, por meio da metodologia autogestionária e na construção de um outro mundo e de uma outra economia possíveis.

A articulação dos segmentos em relação as necessidades do código tributário - lei brasileira que institui as normas gerais de direito tributário exigidas pela constituição brasileira, também foi debatida na ocasião, já que será entregue uma minuta com a necessidade de cada segmento de interesse para o município.

Ainda sobre o Projeto Praça Ativa, as entidades envolvidades estão aguardando a proposta técnica do governo. O projeto visa abranger vários segmentos da comunidade campista e ocupar qualitativamente o Cais da Lapa.

E por fim, devido a falta de tempo hábil para a formação dos Grupos de Trabalhos - GTs, a Plenária do Fórum de Economia Solidária de acontece mensalmente, não será realizada neste mês de maio, sendo prorrogada para o mês seguinte.


Juliana Maciel
Reportagem 

Marcelo Saldanha
Foto



quinta-feira, 3 de maio de 2018

Plenária discute Projeto 'Praça com Cultura e Economia Solidária'

Foi realizada no dia 25 de maio, no auditório da secretaria de governo - altos da rodoviária Roberto da Silveira, centro de Campos, a reunião mensal do Fórum de Economia Solidária de Campos. Na pauta, assuntos como eleição - recomposição da coordenação do fórum; definição do local para o projeto Praça com Cultura e Economia Solidária e chamada para eleições de Grupos de Trabalho (GTs). Com cerca de 70 pessoas, representantes dos diversos seguimentos da economia solidária de Campos, a plenária obteve quórum e as pautas foram aprovadas.


Estiveram presentes à reunião, representantes do poder público municipal, Rodrigo Lira, presidente da Fundecam e Felipe Quintanilha, secretário municipal de desenvolvimento econômico que irá trabalhar para que o Projeto Praça com Cultura e Economia Solidária se concretize. "O poder público irá se adequar ao projeto. Estou aqui para saber como vocês vislumbram o projeto e posteriormente levar para a avaliação do poder público", disse Quintanilha.


Durante a plenária uma votação foi feita para a escolha do possível local do projeto. O Cais da Lapa foi o mais votado. "Temos que lutar por um local fixo aqui em Campos para expor nossos produtos. A Lapa é um lugar que dará visibilidade além de ser um ponto belíssimo da nossa cidade, destacou, Enilza Ribeiro, representante do segmento de artesanato.


O financiamento para a economia solidária através da Fundecam, também foi abordado na reunião. "O objetivo é criar uma política de desenvolvimento local - aval solidário", falou Rodrigo Lira.


Ainda na reunião, a Nova Esperança, cooperativa de catadores de materiais recicláveis de Campos foi apresentada como nova parceira do Fórum de Economia Solidária. 

Reportagem
Juliana Maciel

Fotos
Diego Ventapane

sexta-feira, 27 de abril de 2018

ITEP participa de homenagem a Mulheres Negras no C.E. João Pessoa

A Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Populares (ITEP), da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), através do projeto 'Africanidade, Cultura e Economia Solidária', que resgata a cultura afro-brasileira, realizou hoje (27), no Colégio Estadual João Pessoa, em Campos, a oficina de boneca Abayomi - simbolo de resistência para as mulheres africanas, dentro da programação do evento em homenagem a Mulheres Negras da instituição de ensino.



A oficina foi comandada por Maria Inês e contou com a cooperação de Rosania Pessanha, ambas bolsistas da incubadora. Na ocasião a história que deu origem a boneca Abayomi foi passada para os alunos e todos tiveram o oportunidade de produzir sua própria boneca.



A incubadora tem promovido desfiles de moda e beleza negra, exposição de arte, artesanato, decoração e moda com ritmos africanos, como atividades do projeto. 

Vale lembrar que a África é um continente de grande diversidade cultural que se vê fortemente ligada à cultura brasileira, desde a vinda de escravos africanos pertencentes a diversas etnias que falavam idiomas diferentes e trouxeram tradições distintas. Por conta dessas riquezas culturais e da nossa ligação com os africanos é que a ITEP, vem desenvolvendo atividades voltadas para africanidade.

Reportagem e fotos
Juliana Maciel

terça-feira, 24 de abril de 2018


Plenária do Fórum Municipal de Economia Solidária de Campos nesta quarta-feira

O Fórum de Economia Solidária de Campos, por meio da ITEP, convida trabalhadores, assessorias técnicas gestores, para a Plenária Mensal que será realizada nesta quarta-feira, dia 25 de abril de 2018, às 13h30, nos Altos da Rodoviária Roberto Silveira, localizada na Avenida José Alves de Azevedo (Beira Valão), no Centro de Campos dos Goytacazes-RJ.

Os assuntos tratados na plenária deste mês serão: 1. Informes; 2. Eleição: Recomposição da coordenação do Fórum; 3. Definição do local para o projeto Praça com Cultura e Economia Solidária; 4.Chamada para eleições de grupos de trabalho; 5. Assuntos Gerais.

- A presença no fórum é de extrema importância para o fortalecimento do movimento, informou a assessora da ITEP, Nilza Franco.


Juliana Maciel

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Circuito Universitário no Hospital Escola Álvaro Álvim

O Circuito Universitário de Economia Solidária, projeto de extensão universitária da ITEP/PROEX/UENF, foi realizado hoje (19), das 8h às 13h, no Hospital Escola Álvaro Álvim. Na oportunidade, os membros dos grupos da Rede de Economia Solidária expunham e comercializam produtos que transitam pelo artesanato e gastronomia. Oportunidade para  funcionários da instituição e pacientes conhecerem o trabalho desenvolvido pela Rede.



"É a nossa primeira vez no Hospital Escola e estamos otimistas. No local durante a manhã existem dois horários de pico, onde muitas pessoas passam pela área que estamos expondo nossas mercadorias," pondera Simone Gonçalves, secretária executiva do Fórum de Economia Solidária de Campos.

A próxima edição do circuito  no Álvaro Álvim será dia 10 de maio, ótima oportunidade tanto para as artesãs quanto para quem pretende presentear sua mãe, já que a data antecede do dia das mães. 


 Reportagem e fotos
Juliana Maciel